2007/05/15

Ouriços-Cacheiros

O Ouriço-cacheiro é um dos mais conhecidos animais da nossa fauna. Apesar do seu aspecto severo, é inofensivo, podendo viver tranquilamente nos nossos jardins. Os espinhos são usados apenas como protecção contra predadores.
Embora em Portugal ainda não seja uma espécie ameaçada, resta saber até quando, devido ao ritmo assustador com que são mortos nas estradas.
Na Praia das Maçãs esse problema parece não existir, numa casa na Praceta dos Lobos, a D. Virgínia Batista, faz jus em manter bem viva a espécie. Desde há uns anos para cá um casal desta espécie invadiu o seu jardim e tem-se reproduzido em série.
Falámos com a D. Virgínia onde ela nos confessou que tem um grande amor por tudo quanto é bicho, mas os ouriços são um caso especial, pois a maioria já nasceu no jardim da sua casa e reconhecem-na como fazem os seus cães.
Gostámos muito da atitude da D. Virgínia Batista.
IDENTIFICAÇÃO E CARACTERÍSTICAS

Ouriço-cacheiro Erinaceus europaeus é um mamífero pertencente à ordem Insectivora e à família Erinaceidae. A sua identificação não levanta qualquer tipo de problemas, pois trata-se do único mamífero da nossa fauna que apresenta o corpo coberto por espinhos (cerca de 6 mil), que não são mais que pêlos modificados. Estes pêlos bastante aguçados têm entre 2 e 3 cm e cobrem o animal no dorso e flancos. O ventre, castanho-acinzentado, está coberto de pêlos. Quando se sente ameaçado, enrola-se sobre si próprio, escondendo as suas pequenas patas e as áreas desprovidas de espinhos, transformando-se numa “bola com picos”, bastante difícil de penetrar. Os espinhos possuem anéis alternadamente claros e escuros (com uma banda preta na ponta), que fazem variar a cor dos indivíduos entre o amarelado e o castanho. A cabeça distingue-se facilmente do resto do corpo, os olhos são grandes, as orelhas são relativamente pequenas e possui uma cauda rudimentar. Não existe dimorfismo sexual entre machos e fêmeas. O comprimento do corpo varia entre 20 e 35 cm e a cauda entre 10 e 20 cm. Os animais adultos pesam em média 700 g, podendo este valor variar entre 400 e 1200 g. Um animal que não possua, pelo menos, entre 500-600 g terá dificuldade em sobreviver ao período de hibernação.
Cara D'Anjo e Susana

35 comentários:

Anónimo disse...

Parabens D.Virginia, acções destas são sempre de louvar.
Zeca

Anónimo disse...

Muitos Parabens, confesso que achava que já seria uma especie em perigo no nosso Pais, pois há muito que não via semelhante animal.
Gostaria de saber se por acaso a D. Virginia não poderia dispensar tambem um casal para a minha quinta pois aprecio muito estas especies menos "normais", como sapos e lagartos que fiz questão de preservar e manter.
Parabens á D. Virginia.
CasaNova

Anónimo disse...

É muito bom saber que ainda existem pessoas com coração nesta nossa freguesia.Se fosse qualquer outra pessoa a deparar-se com um animal destes no quintal ja tinha feito de tudo para o matar. eu pessoalmente tenho um ouriço que lá de vez em quando aparece aqui no meu quintal para ajudar o meu cão com a comida...pois acaba sempre por comer ração e por vezes arroz que se deixa no tacho...
Cada vez mais sou favor da preservação de todas as especies de animais...

DC

Anónimo disse...

Só uma pessoa com um grande Coração, procede desta forma.
Parabens Senhora Virginia.
Maria

FLORBELA disse...

SENHORA VIRGINIA ,NESTE MOMENTO TENHO NO MEU QUINTAL 1 OURIÇO BEBÉ E ESTAMOS COM DIFICULDADES EM PERCEBER TANTO A ROTINA DELE COMO A ALIMENTAÇÃO,DAMOS-LHE LEITE DE CRIANÇA ,O QUAL ELE BEBE .TENHO RELVA E ELE ESTÁ NESSE ESPAÇO NUMA CASOTA ONDE COLOCAMOS PALHA ,CASCA DE ÁRVORE E ALGUMAS FOLHAS SECAS.
JÁ VIMOS QUE ELE GOSTA MT DE DORMIR SÓ NÃO SABEMOS COMO FAZER PARA LHE DAR COMIDA POIS DOQUE LEMOS ELES SÃO MAIS ACTIVOS DE NOITE MAS A ESSA HORA NÓS TB DESCANSAMOS ASSIM FICA O PROBLEMA DE QUE FORMA VAMOS ADAPTAR TODA A ROTINA DO BICHO.AGRADECIA QUE A SRª COMO TEM MAIS EXPERIÊNCIA ME AJUDA-SE NESTA NOSSA MISSÃO DE SALVAR ANIMAIS AMISTOSOS DAS GARRAS DE PREDADORES ,ACIDENTES NA ESTRADA E MESMO DE HUMANOS SEM CORAÇÃO.OBRIGADA

BaBiju disse...

Boa tarde!
Encontrei este blog quando fiz uma pesquisa na net com o tema de ouriços.
Fiquei maravilhada com o bom coração das pessoas. Gostaria de saber se esta senhora tem alguns destes bichinhos para venda ou para oferecer...
Gostava imenso de ter um, tenho um carinho especial por este bichinhos...
Se puderem agradecia alguma informação.
Cumprimentos;
Cláudia

Anónimo disse...

ola sou o miguel e ontem encontrei um ouriço cacheiro bebe na estrada muito "murcho" tenho lhe dado leite magro e pequenos bocados de alperce mas continua na mesma que faço mais? respode para o meu mail que é mik@live.com.pt por favor responde é urrgenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.

Anónimo disse...

Ola..
Eu adorei ler sobre estes animais .. ja tive um adulto e agora estou com um bebe que me esta a dar problemas .. :S nao se alimenta.. nao se abre.. nao abre os olhos.. n reage a nada.. ja tentei dar-lhe cenoura.. maça.. castanha.. caracol.. e nada.. ate leite.. qeria dar-lhe alimentaçao para gatinhos mas n tnh neste momento.. estou bastante preocupada.. podem ajudar-me?

Obrigado pelo atençao

Joana Sousa

joana.pisca.rock@hotmail.com

Anónimo disse...

Olha sou do Brasil, do Estado do Rio Grande do Sul. Procurei no google sobre estes animais, que aqui chamamos de porco espinho ou simplesmente ouriços. Estou me mudando para um sítio onde têm em profusão. Três cachorros meus saíram feridos e então preciso proteger ouriços e cachorros.
Mas sua disposição de evitar que entrem em extinção é louvável e vai me servir de exemplo.
Grata e parabéns

Nelcira Nascimento
nelcira.nascimento@rdgaucha.com.br

Alfredo disse...

Baptizei April ouricito que sobe 17 degraus de escada de pedra para ir ao alpendre petiscar granulado dos gatos.Há mais de 10 anos que não os via pela quinta,mas agora suspendi comodato que fizera a lavradores vizinhos que usavam quimicos,e pelo que vejo ouriços sobreviveram. Gostari de saber que culturas lhes serão mais favoraveis,pois gostaria de os manter de forma sustentável.
alfredojoao@gmail.com

fabc disse...

Muito bem! Gostava muito de ter um casal no meu jardim. São animais muito simpáticos.
Continue a ajudar a espécie.

Giovanni Texano disse...

Também podem ser encontrados nas ainda restantes matas da Maia embora de bastante menor tamanho.

Fiquei verdadeiramente surpreendido com os das fotos....

Anónimo disse...

Dn. Virginia doulhe os parabens por este ato de bondade,o ouriço é o meu animal preferido e tenho um em casa e é dificil ele comer, ele só quer comer carne e minhocas mas nada, o que a sr. me aconcelharia dar a ele para comer...

Anónimo disse...

olá eu sempre adorei ouriços. agora ofereceram-me um que apanharam no campo. ando apesquisar pois não sei muito bem o que fazer.
o que comem? e como de vo fazer?
o meu mail é natercia1980@hotmail.com se poder por favor de-me algumas dicas

Ana Felix disse...

Olá, espero que esteja tudo bem com a d. Virgínia e os seus ouriçinhos, também gostava de ter um bebe desses seria possível???
Já tive um quando era pequena...e adorei.
Poderia me dar um bebe?? Prometo que cuidarei bem dele e poderá vê-lo quando quiser pois moro na zona de cascais
diga algo para anarfelix@gmail.com.

Muito obrigado!!!

Anónimo disse...

ola eu tanbem tanho um Ouriços Cacheiros e gostava de saber que conida da a eles pois eles sao muito fofos. A minha cadela apanhou e por isso eu dou conida nas eu queria saber onde conpar a raçao como eu veijo na imagei de eles a comerem .
Diga algo.obrigado
EMAIL
familia.francisco@hotmail.com

Beatriz Duarte disse...

Boa noite, ontem, quando ia a sair de casa, deparei-me com um ouriço cacheiro a lember o prato com restos de ossos e de restos do nosso comer que tinha deixado para o cão. Não sei o que fazer a animal, nem que comida eide dar, o que fazer para ele nao morrer. tinha pensado em coloca-lo ao pe de uma floresta que é do nosso vizinho e que é raro ir la cães, mas nao sei se que o mais correcto. Será que poderia-me ajudar com o ouriso. É que ficaria mt grata e queria fazer de tudo para que o animal não morresse, pois eu tenho uma grande admiração por estes bichinhos.

Anónimo disse...

Afinal o Alfredo João ainda consegue gostar de alguém...!!Trata os animais como não trata os outros seres humanos!...

Alfredo disse...

Olá gostaria de ter o seu contacto será posivel.
alfsa007@gmail.com

maria disse...

Olá
Sou também uma amante de ouriços, e na semana passada dei conta de 3 que nasceram na propriedade dos meus pais. tenho lhes dado um pouco de comida de gatos (paté) pois ainda são muito pequeninos e nem os dentinhos romperam. são muito amigáveis, apesar de não querer habitua-los à minha presença. outro dia reparei que um deles tinha a vista muito inflamada e limpei bem com soro fisiológico, fiz bem?? ele tem se mostrado bem, mais activo e até já reage mais quando me vê...
adoro esta espécie, e apesar de ser muito frequente encontrá-los por estes lados (arredores de Torres Vedras), nunca perco o entusiasmo quando avisto um!!
por enquanto vou continuar a fazer-lhes uma visita diária para deixar comida e ver se se encontram bem de saúde!

Anónimo disse...

Olá o meu nome é Inês e queria desde já felicitar a senhora Virginia pelo seu bom coração e empenho em cuidar destes pequenos animais,gostaria de poder adoptar um ou dois desses bichinhos se a senhora Virginia tiver disponiblidade de falar comigo ficaria muito agradecida.
O meu e-mail é: Ines_marques17@hotmail.com.
Mais uma vez parabéns pelo seu trabalho.

Anónimo disse...

Boa noite,
fico contente por saber que tantas pessoas se interessam por ouriços!!
A minha historia passou de quase tragica e um final feliz!
Há cerca de um mês ia atropelando um ouriço muito pequeno ainda, parei o carro e apanhei-o e decidi leva-lo para o jardim da minha casa! Ele estava muito doente ( carraças,pulgas,amenico)! Apos a ida ao veterinário e de varios tratamentos cuidados,é um ouriço feliz, com casa propria feita por mim, comida e agua sempre a disposição!Apaixonei-me logo pela espécie, tanto que gostaria de fazer criação pois é uma espécie em vias de extinção!!
Gostaria de saber se alguem me pode a ajudar a distinguir um ouriço macho de femea!

Anónimo disse...

Bom dia,

Penso puder ajudar-vos numa questão, a da alimentação deste animal: é insectívor, ou seja, alimenta-se sobretudo de invertebrados que encontra no solo - caracois e lesmas - embora também por vezes consuma ovos e pequenos vertebrados - sapos, lagartos, crias de roedores e de aves. Também come peixe, até porque é um excelente nadador.

Hiberna entre Novembro e Março.
É um animal solitário e territorial, de hábitos essencialmente nocturnos, podendo ser observado nas últimas horas do dia e ao amanhecer.

Tielsa disse...

Boa tarde,
Apesar de terem passados 4 anos desde a publicação desta aventura da Dª Virginia, gostava de saber se ainda tem sucesso na preservação dos ouriços cacheiros.
Eu já tive um ouriço a viver no meu jardim, penso que de alguma forma, foi atraido pela comida dos gatos que tenho sempre do lado de fora da cozinha.
O que é certo é que ele deu-nos a alegria de viver connosco durante 3anos, mas um dia apareceu morto, sem que conseguissemos perceber o que o vitimou.
Desde então que fazemos de tudo para que outro nos visite, mas sem sucesso.
Gostava de saber se a Dª Virginia ou outra pessoa sabe de alguem que nos possa arranjar um casal.
Penso que tenho boas condições para este bichinho se dar muito bem lá em casa.
Antecipadamente grata
Elsa Teiga
(S.Pedro do Estoril)

Anónimo disse...

Boa Tarde

Tenho 5 crias nascidas no inicio de Setembro, quem estiver interessado, contactem, Rogerio Lopes 914579570 ou 936386270.

R. Lopes

Anónimo disse...

boa noite,
estive a pesquisar sobre ouriços e cheguei a vossoo blog...fantástico são mesmo bichos adoráveis. Não consegui foi encontrar a forma de distinguir o macho da fêmea...é fácil??

André disse...

Felizmente ainda existem pessoas com consciência.
Eu moro na margem sul do tejo, o ano passado por esta altura os meus cães encurralaram um ouriço bastante grande que andava perdido graças à destruição da mata onde vivia para a construção da (agora) A33.
Viveu no meu quintal durante vários meses. O gato nem se importava de partilhar a comida... principalmente porque o ouriço gostava da ração e não era adepto da comida enlatada.
Caçava caracois, lesmas e outros bichos ali pelo quintal.
Com o tempo esquisito que esteve este ano, ele não hibernou. Tinha uma toca feita num canto debaixo da lenha mas só lá ía dormir... até que uma noite saíu do quintal saltando o muro com 2 metros de altura e nunca mais o vi.
Algumas semanas depois vi um que foi atropelado a cerca de 2km daqui mas era de um castanho mais escuro que o que esteve no meu quintal e era mais pequeno.
Infelizmente, desde que destruiram boa parte da mata, que nunca mais vi nenhum ouriço por aqui. Quase todos os anos o meu cão tinha de levar um penso no focinho por se ir meter com os ouriços que circulavam pela rua ao final do dia... com as 3 novas ajudantes que recolhi, cercaram aquele coitado.
Só que sem a mata eles desapareceram completamente das redondezas. E com o tempo esquisito que foi este inverno, poucos devem ter sobrevivido por aqui.
Espero que aí por cima as coisas corram melhor.

Anónimo disse...

Oia Oia Oia meu cachorro mordeu isso sem quere a boca dela encheu de espinho o peito dela a pata e o bicho escapo e minha cachorra ta mancando ='/

Melanie disse...

Boas*tenho ouriços cacheiros para adopção, para quem tratar bem claro :) 915138241

Melanie disse...

Boas*tenho ouriços cacheiros para adopção, para quem tratar bem claro :) 915138241

Anónimo disse...

Eu gosto muito de ouriços mas não sabia o que comiam.
E também gostava de saber se são fêmeas ou machos porque eles só saem de noite

Pedro Ferreira disse...

Gostava de fazer uma pergunta:

Tenho um ouriço que apanhei no Verão passado. Nunca fugiu do quintal, mas desde Dezembro que não o vejo.

Ouvi dizer que eles hibernam e penso que ele assim fez e está escondido num sitio que não consigo chegar.

É possivel que assim seja? E já agora, quando é que eles acordam?

Pedro Ferreira disse...

Boas,

Tenho um ouriço que apanhei no Verão passado, mas desde Dezembro que não o vejo.

Ouvi dizer que eles hibernam e penso que ele está escondido num sitio onde não me é muito cómodo chegar.

Será possível isto acontecer? E já agora quando eles costumam acordar.

PS: No principio dava-lhe fruta (laranjas, maças, etc.), mas ele agora habituou-se à comida de cão e já não come a fruta. Está muito gordo.

Anónimo disse...

Fico alarmada com tanta "Barbaridade" que se escreve aqui!

1º - É proíbido a captura (tirar do seu meio), manutenção em captiveiro (local onde o animal não possa fugir) e venda/oferecer/troca,etc desta espécie (ouriço europeu)

2º - É sim possível ter ouriço num jardim ou quinta (desde que este estejam lá por sua própria vontade,não introduzidos) ou seja fornecendo apenas alimento a um "inquilíno" que por lá passa ou tem como território!

Não confundam o trabalho honroso da D. Virgínia, com o "querer" por capricho um animal destes...como vejo em alguns comentários.

Quem encontrar um animal ferido deve encaminhar para o centro de recuperação mais próximo de si e não tentar cuidar pelos seus próprios meios pois isso resulta quase sempre em morte do animal.
A falta de informação (apesar da boa vontade) pode causar sérios danos, daí se entregar a entidades competendes, ok?

Deixo um apelo para se parar de vez com a captura destes animais "SELVAGENS", é ilegal e sujeito a denúncia ao SEPNA!

Deixo aqui o contacto da única Associação de Ouriços em Portugal, cujo trabalho acho muito interessante e da qual tornei-me sócia: Amigos Picudos

www.amigospicudos.webnode.pt
www.facebook.com/amigospicudos

Também amo animais mas tenho consciência que devo deixar para quem sabe o seu maneio.

Parabéns D.Virgínia :)

Obrigada

Anónimo disse...

cara Dona Virgínia, fiquei muito contente por saber que, tal como eu adora a nossa fauna portuguesa.
gostaria de escrever-lhe por carta, que faz hoje um dia que "salvei" um desses seus bichinhos tão queridos; das manápulas de dois adolescentes inconscientes da maldade que estavam a fazer...agora "ele" creio eu, pois ainda não sei ver o sexo encontra-se bem e a recuperar do choque.
Sei que não devia me apegar a "eles", mas se existe algo que me é muito precioso e tamem pra minha pequena família; esse algo, é sem duvida todo o tipo de animais do nosso mundo; ama-los,protege-los e acima de tudo respeita-los e aos seus habitates... são alguns dos valores que ternamente tenho vindo a incutir, na forma educativa da minha filhota angelina de cinco anos.
é por ela, que tenho algum receio, ao nível de saúde:devido a ser um ouriço "livre" que resgatei muito magoado da rua; será que a pequena corre algum perigo de ficar doente?
aqui mando um abraço sinçero a si e a toda a equipa a que pertence este super e incrível blog... o meu agradecida de coraçao; este é o meu email: angelina.2008@hotmail.com / agradecia que me enviassem resposta, abraços ISA LIMA.