2007/07/05

Memórias da Nossa Terra

Em 06 de Julho de 1947, o nº. 701 do Jornal de Sintra
publicava o seguinte sobre a nossa Freguesia.
II Campeonato Regional Popular de Futebol do Concelho de Sintra
O Mucifalense
Conquistou o título de campeão do Concelho de Sintra de 1946-47

O II Campeonato Regional do Concelho de Sintra, que teve o seu epílogo no passado domingo, 29, perante a maior assistência da época, computada nalguns milhares de pessoas, não podia ter melhor remate do que aquele que nos foi dado a presenciar; um espectáculo desportivo de entusiasmo trasbordante, e em que o desporto da nossa terra ganhou mais alguns louros para que a sua actividade. De facto tudo se conjugou para tal, desde a emoção que os encontros criaram na assistência ao entusiasmo invulgar que se notou na grande multidão, que por completo enchia o excelente parque de jogos do Sintrense.

Mucifalense 1
Montelavarenses 0

O Mucifalense foi para o encontro com grande desvantagem, dois jogos de arrasar durante a semana, enquanto que o seu adversário, mais repousado, enfrentava assim o jogo com menos preocupação no que respeita à resistência física dos seus jogadores,

Carlos Canuto, famoso juiz de campo internacional. E portanto a nossa melhor figura de arbitragem, dirigiu o encontro, ajudado por Carlos Lanceiro e Fernando Martinho.

Mucifalense
Rocha; Reto e Cruz; Melo; Restolho (cap.) e Areia; Crispim; Dias ; Sardinha; David e Gomes.

O único tento que se registou durante a partida e que seu origem à sensacional vitória do Mucifalense veio premiar a melhor equipa no terreno. Jogando como um bloco, os Mucifalenses foram pródigos em energia, especialmente quanto à defesa . Com uma marcação cerrada aquentavam sempre o embate com a linha dianteira do adversário. Quanto ao ataque, menos vistoso que o do Montelavarense, todos os elementos se entre-ajudavam. Quando uma equipa entra para o campo com uma disposição como aquela de domingo, disposta a vencer, custasse o que custasse, era difícil perder.
Chegou-se a pensar que os Mucifalenses não tivessem o folgo suficiente para aquentar o andamento do jogo, pois o esforço a que equipa fora abrigada para se classificar para a final tinha sido enorme. Pois Bem: a equipa do Montelavarenses foi a primeira a baixar a bandeira, neste capítulo de jogo, sentindo-se os seus jogadores esgotados a partir do primeiro quarto de hora da segunda parte. Daí até ao final o Mucifalense, que até então tinha desbaratado todos os intentos do adversário, partiu vitorioso, aquentado-se sempre com a mesma alma do primeiro minuto.
As honras do desafio vão sem duvida para o Mucifalense, o novo Campeão, que com toda a justiça soube vencer com autoridade, com fé sempre na vitória e com um desportivismo que a todos caiu bem. Parabéns pois aos novos e simpáticos Campeões do Concelho de Sintra

Cara D'Anjo/Susana

4 comentários:

NK disse...

Então mas... o Mucifalense não fez agora 32 anos? então como se chamava esta associação?

Susana e Cara d'Anjo disse...

Havia 2 colectividades no Mucifal.
Eram a Tuna Recreativa Mucifalense que, como indica o nome, abrangia a àrea cultural (música, teatro, etc) e o Grupo Desportivo Mucifalense, com a àrea do Desporto.
Esta notícia relata um feito desta 2ª.associação, que se uniu à Tuna há 32 anos atrás, originando assim a União Mucifalense, que hoje, como sabemos, abrange as 2 àreas (recreativa e desportiva).

Ana Domingos disse...

É sempre bom ir ao baú retirar fotos "do antigamente", e sempre bom também para alguém da minha geração ver as fotos onde está um familiar, neste caso o meu avô :). Agradecia que fizessem uma pequena (grande) alteração na legenda... não é Reto mas sim Recto e o seu nome era Guilherme Recto, de quem me orgulho muito de ser neta, infelizmente já desaparecido, mas lembrado ainda por muitas pessoas da nossa zona, tal como os seus irmãos que vieram para o Mucifal há muitas décadas e que por cá criaram raízes.

Obrigada pela recordação

Ana Recto Domingos

Susana e Cara d'Anjo disse...

Ana:
Esta é a transcrição da notícia publicada na época no Jornal de Sintra, pelo que achamos que não devemos alterar nada do seu conteúdo.
Apesar disso, obrigada pelo reparo.