2006/12/21

Dê a Volta ao Mundo do Natal (I)

Porque o Natal é celebrado por todo o mundo adquirindo as diferentes tradições de cada povo, aqui fica uma pequena descrição de cada Natal à volta do mundo.

Parte I
Áustria
O dia de São Nicolau marca o início do Natal para os Austríacos. SanterKlausen (São Nicolau) aparece às crianças na companhia do próprio Diabo, e ambos as interrogam sobre o seu comportamento ao longo do ano.O presépio surge a par da árvore de Natal, que é decorada com ornamentos e guloseimas. Por todo o lado são feitas representações do presépio e da viagem da Sagrada Família, e à meia noite do dia 24 de Dezembro tem lugar a Missa da Meia Noite.
China
Os cristãos chineses iluminam as suas casas com lanternas de papel e decoram as suas árvores de natal (a que chamam Árvores de Luz) com muitas luzes, tiras e flores. Para as crianças o Pai Natal é Dun Che Lao Ren, que significa O Velhinho do Natal.
Cuba
Também em Cuba o Natal é uma festa da família, e uma vez que as famílias neste país costumam ser numerosas, a ceia de Natal é composta por um grande banquete. O banquete de Natal, ao contrário do que acontece na grande maioria dos países, acontece antes da Missa do Galo. No dia de Natal festeja-se com peru recheado assado e tal como em Espanha, a troca de presentes é feita apenas a 6 de Janeiro.
Egipto
A principal igreja egípcia é a ortodoxa (Cóptica), pelo que o Natal é celebrado a 7 e não a 25 de Dezembro. O Natal é festejado durante quatro semanas e para cada uma delas é usual acender-se uma vela. Durante os 40 dias do Advento os egípcios jejuam, e na ceia de Natal, logo após a missa, não podem faltar o pão, o arroz, o alho e carne cozida.
França
As celebrações natalícias francesas são menos pagãs do que as de outras culturas europeias, pelo que o presépio (Crèche) ainda ocupa um lugar central nos lares franceses. Os presépios franceses são conhecidos pela quantidade e riqueza das figuras que os compõem. A noite de Natal é conhecida como Réveillon e traduz-se numa ceia depois à Missa da Meia Noite. As crianças recebem as prendas do Pai Natal, que viaja acompanhado de Pre Fouettard, que avalia quem se portou bem durante o ano. Os adultos trocam presentes apenas no Ano Novo.
Irão
É no Irão, antiga Pérsia, que se crê terem vivido os três Reis Magos. Hoje em dia os cristãos iranianos iniciam o seu jejum no dia 1 de Dezembro. Assim, depois da Missa de 25 de Dezembro tem lugar o Pequeno Banquete - o Grande Banquete tem lugar na Páscoa. Não há no Natal iraniano troca de prendas, mas as crianças vestem sempre roupas novas que orgulhosamente exibem no dia de Natal.
(continua...)

Susana

1 comentário:

Ricardo Carvalho disse...

Caros amigos Vitalino e Susana, desejo-vos um Feliz Natal 2006 e Próspero Ano Novo 2007! Parabéns pelo vosso blogue Notícias da Minha Freguesia, sempre com notícias interessantes e actualizadas. Um abraço.