2006/09/22

Dia Europeu Sem Carros

Comemora-se hoje, dia 22 de Setembro, o Dia Europeu sem Carros. O município de Sintra também adere à iniciativa, numa tentativa de mostrar aos cidadãos que utilizando menos o seu veículo privado, estarão a contribuir para um ambiente melhor.
“Temos um planeta doente…” dizem eles, pois até é verdade mas então vejamos :
- As carreiras de autocarro que servem a nossa freguesia são, em vários horários, insuficientes;
- Em Sintra quase todos os lugares de estacionamento, junto das estações de comboios, são pagos;
- O único meio de transporte que temos de Sintra para Cascais é o autocarro;
- As greves dos transportes públicos, de Lisboa, são cada vez mais frequentes;
Em conclusão, quem mora nesta freguesia e trabalha em Lisboa tem sérias dificuldades na sua deslocação diária, principalmente fora dos horários ditos habituais.
Todos os anos, neste dia, temos sempre Ministros e outros Altos Cargos do Governo a simular uma ida a pé para o emprego, para dar o exemplo, quando nos outros dias do ano andam nas auto-estradas com os carros de serviço a mais de 200 km/h, sem cintos de segurança, etc. Afinal, meus senhores, temos exemplo ou não ?

Por que será que tem que ser sempre o “Zé Povinho” a cobaia de tudo e não começam pelo controlo da poluição das grandes indústrias, pela aplicação obrigatória de energias alternativas, pela obrigatoriedade de utilização de embalagens recicláveis, etc, etc.?

Susana

4 comentários:

Isabel Roma disse...

É mais fácil dizerem para as pessoas terem cuidado com o ambiente, utilizando produtos biodegradáveis, do que imporem regras severas aos grandes lobies do nosso planeta.

Anónimo disse...

Vejam à noite o Jornal da SIC, que um membro do governo usa o combloio da linha de Cascais para ir para o emprego. Ele diz que até carro de serviço tem, mas quase não o usa, só mais aos fins de semana e quando tem de levar os filhos à escola. Que ecológico que ele é...

Anónimo disse...

Cuidado Susana, veja lá se alguém se lembra de considerar esta foto como uma prova da exploração e maus tratos aos animais. Podemos estar perante outro "caso de polícia"!
C.F.

Isabel Roma disse...

Tanta ecologia, mas neste dia, em Lisboa, por exemplo, não houve alteração nenhuma significativa ao trânsito da cidade. Os carros eram mais que muitos, como sempre, e a maior parte das pessoas nem se apercebeu de nada.
Afinal, parece que estes dias de...só servem para gastar mais uns milhares em publicidade e dar uma reportagem fácil à comunicação social.