2006/09/07

Tragédia em 1966

Comemora-se hoje, dia 07 de Setembro, o 40º. Aniversário do Falecimento de 25 militares do Regimento de Artilharia Antiaérea Fixa, de Queluz, ocorrido em 1966, no combate ao grande incêndio na Serra de Sintra.
Esta data foi lembrada com uma cerimónia no Pico do Monge.


Susana

4 comentários:

Anónimo disse...

acho que é o minimo que se pode fazer após uma desgraça destas á 40 anos.
acho que é bom que nunca se esqueça estes bravos rapazes que foram mandados para o fogo.
acho que até mereciam um memorial.
P.

Isabel Roma disse...

Não sei muito sobre o incêndio, mas o que já ouvi falar é que foi muito grave e traumatizante para a população.

Anónimo disse...

Foi das coisas mais graves que aconteceram na nossa serra.Para quem se lembra e viveu o horror dessa data jamais esquecerá.

Anónimo disse...

O memorial aos militares já lá existe, não será muito, mas há uma cruz no local e julgo que uma placa.
Seja como for, foi realmente uma situação trágica e que merece ser lembrada em nome das vítimas e familiares que os perderam.
Castro