2006/08/27

Homenagem às Mulheres da Minha Terra


Com estas Belas palavras enviadas pela minha Amiga Lucimar, quero prestar Homenegem a todas as Mulheres da Minha Terra.

Orgulho de ser mulher

Todas as mulheres do mundo deveria sentir o maior orgulho de ser mulher,
orgulho de olhar para si mesma e dizer sou mulher,
sou linda,
sou maravilhosa,
sou um ser perfeito,
posso todas as coisas.
E podemos mesmo...
Pense comigo,
Somos tidas como o sexo frágil, delicadas,
emotivas,
somos tudo isso,
pois somos a perfeita encarnação da emoção e do amor.
Mas, ao mesmo tempo que somos delicadas como uma flor,
somos também a mulher força,
a mulher coragem,
que trabalha,
que luta por um lugar ao sol, cuidamos das pessoas que estão a nossa volta.
Somos mulheres frágeis sim,
que as vezes nos sentimos
só,
tristes,
choramos,
mais também somos a
mulher força,
que sorri quando senti vontade de chorar,
somos frágeis em
nossa estrutura física,
mas no caráter,
somos a mulher forte,
inabálavel como uma rocha,
somos tão forte que é o nosso corpo que é preparado para receber e gerer outra vida,
alimentar essa vida com o nosso próprio sangue.
Somos tão fortes que temos a coragem de dar a nossa própria vida em troca da vida que geramos dentro de nós.
Somos assim porque somos o amor, temos o amor dentro de nós e a capacidade de doar amor sem nada pedir ou exigir em troca.
Então!!!
Como não ter orgulho de ser mulher?
Só porque não fomos criadas para ser cabeça,
como também não fomos criadas para ser caudas.
Se quisermos e desejarmos, podemos ser o pescoço.
Já parou para pensar que é o pescoço que leva a cabeça na direção que desejar?
Porque se soubermos agir sempre com sebedoria e amor no coração, governamos cabeça
sem que ela perceba.
Por tudo que somos é que devemos sempre ter orgulho de dizer sou mulher,
sou perfeita,
sou virtuosa,
porque tenho a grandeza do
amor dentro de mim .

Lucimar Alves

2 comentários:

Isabel Roma disse...

Não é um texto do estilo que eu goste, apesar de não lhe querer tirar o seu valor. Tenho orgulho em ser mulher, mas, felizmente, estou longe de ser perfeita.
Apesar de tudo acho muito triste ainda se usar tanto o "discurso tipo feminista", porque acho que em pleno século XXI, já deveriamos ter a noção de que homem e mulher, não são iguais, mas têm os mesmos direitos e deveres perante a sociedade e perante si próprios. Não por sermos especiais, mas porque cada qual tem o seu papel.

Anónimo disse...

Hé, coisa lamecha, mas enfim gostos não se discutem.