2007/01/13

Moda no Mucifal

A moda chegou ao Mucifal!
Na sequência dos trabalhos efectuados durante o 1º.período, o ATL Nau Catrineta, do Mucifal, apresentou ontem um desfile de moda.
As peças foram elaboradas pelas crianças, durante um atelier de estampagem, e levadas à passerelle pelos próprios que, com mais ou menos jeito, fizeram as delícias da plateia.
A festa contou com a colaboração dos mais novos elementos da Escola de Música da União Mucifalense.
Desde já damos os parabéns pela iniciativa que, para além de mostrar um pouco do que as nossas crianças fazem nos seus tempos livres, ajuda também a aproximar os pais do mundo de sonhos dos filhos.

Susana

As promessas de futuros modelos para a alta "Moda"

O Futuro da União Mucifalense-Banda Infantil

31 comentários:

Anónimo disse...

Eu estive lá e foi um serão muito agradável. Parabéns à organização, pois sei quanto é difícil coordenar um evento com crianças.
Maria

Anónimo disse...

É bom saber que, pelo menos os pais das crianças que frequentam o ATL do Mucifal, têm acesso às festas dos filhos. Ao contrário dos pais dos alunos da EB1 do Mucifal que são escandalosamente banidos da vida escolar dos seus filhos.
Numa época onde se fala cada vez mais na reaproximação dos pais à vida escolar dos filhos, os pais do Mucifal não têm acesso a festas da escola e têm bastante dificultada a sua entrada no recinto escolar.
Tenho pena que a escola do Mucifal se feche completamente à interação com os pais e que seja, neste momento, a escola da freguesia com menos condições nas àreas complementares do ensino.

Anónimo disse...

Então qual será a resposta a esta última intervenção, da parte do Agrupamento de Escolas da Região de Colares? Que uns alunos são "filhos e outros são enteados"?
Quando decorriam as grandes obras de remodelação da escola do Mucifal, sempre pensei que ficaria uma escola modelo, pois teria o número de salas de aula suficiente, à população escolar desta localidade.
Mas enganei-me. Pelo facto de ter o "azar" de ter horário duplo (decorrente da insuficiência das salas, relativamente ao número de alunos, que é o maior da freguesia) fez com que as recentes medidas do governo, em que dota as escolas EB1 com prolongamento de horário, utilizado com actividades como educação física e música, fique vedado aos alunos do Mucifal.
Até a prática de natação, só está a beneficiar as crianças, porque a Associação de Pais, através do ATL Nau Catrineta, se comprometeu a levar os miúdos à piscina dos B.V.Colares. E leva todas as crianças da escola, quer frequentem o ATL ou não.
Nas escolas que têm educação física, são estes professores que têm a seu cargo o acompanhamento dos alunos às aulas de natação.
Como se verifica, não é um mar de rosas ser aluno e ser criança no Mucifal.
Esta conversa tinha "pano para mangas". É a escola que apesar das grandes obras não tem condições, pois até o próprio ATL teve de socorrer-se de instalações cedidas pela União Mucifalense, a uma distância considerável da escola, é a escola que não funciona bem, que se distancia da família dos alunos, é a própria localidade que não tem um jardim, enfim, é uma tristeza que a maior localidade da freguesia de Colares tenha tão poucas condições na sua generalidade, para os seus miúdos.
Lembrei-me. Quero daqui tirar uma grande chapelada à escola EB1 de Almoçageme, pelas festas que faz, no Natal, no fim do ano lectivo, abertas à comunidade, em que consegue esgotar a sala de espectáculos da Sociedade Recreativa de Almoçageme. Há ali muita dedicação, muito trabalho, muito amor ao que se faz. Talvez seja altura de outras escolas aprenderem como se faz.
Uma avó.

Anónimo disse...

O quê!...Os pais não podem assistir às festas das crianças????
O pessoal do ensino da escola primária do Mucifal não andará com diérreia mental???
Bem se vê que o pessoal do Mucifal está a perder a carecterização, noutro tempo a coisa seria diferente.
Belchior

Anónimo disse...

Se é como diz o Belchior! para além de terem diérreia mental, devem estar passados do tótiço. Onde já se viu os pais das crianças não poderem assistir às suas festas.Depois se há algum pai mais exaltado, vão logo a correr para televisãodizer que fomos agredidos e ninguem nos compreende, somos os coitadinhos do ensino. Balelas e mais Balelas...Façam mas é por merecer o respeito dos alunos e dos pais. Já agora pergunto, porque è que essas figuras, não vão para outra escola por em práticas essas novas idéias da treta??????.
Zé Cusca

Anónimo disse...

Acho que aqui o principal problema prende-se com o facto da escola do Mucifal ser cada vez mais APENAS um espaço de ensino onde não existem iniciativas para incluir os pais e a comunidade na vida escolar das crianças. Pessoalmente sei de alguns pais que, no final do 1º.período, mudaram os filhos de escola. Quanto a mim acho que essa não será a solução.
Não é justo que os nossos filhos sejam prejudicados com diferenças tão grandes com as outras escolas do mesmo agrupamento, só porque a escola é grande demais em alunos e pequena em espaço.
Senhores professores, quando há vontade muitas dificuldades são ultrapassáveis.
Uma mãe

Anónimo disse...

Então e o porteiro, que não há?
E as aulas de inglês dadas no refeitório, quando há no 1º.andar, uma pseudo-biblioteca fechada até hoje?
E os muídos do ATL que têm que andar largos metros até à escola para almoçar e para as aulas de inglês? (3 vezes por semana o trajecto é feito 3 vezes por dia, quer faça sol ou chuva)
Onde pára o Agrupamento de Escolas, a Drel, a Câmara, a Junta, etc???

Um observador disse...

Uau, o Kiko tem mesmo jeito para a coisa?

Encarregado de Educação disse...

A Junta, quanto ao que sei, pára no mesmo sitio. Isto é, nada tem haver com as Escolas (Edificio, e pessoal). Se falarmos em pessoal e funcionamento da mesma, fala-se de DREL, se falarmos de edifcios, fala-se de CMS ou neste caso Educa, Empresa Privada da CMS.

Alguém que se preocupa com o ensino disse...

Sou encarregado de educação e estou bastante preocupado com o futuro do meu filho. Pela lógica como morador no Mucifal a minha criança irá frequentar a referida escola, mas ao ler estes comentários, entristeci-me e já pondero a hipótese de o colocar noutra escola. Mas acontece que algumas das outras escolas tem anos misturados, isto é, o 1º. e o 2º. na mesma sala de aulas. Será que é melhor?

Anónimo disse...

Em resposta a "alguém que se preocupa com o ensino", informo-o que na escola do Mucifal também há mais que uma classe ou ano, como agora se chama, na mesma sala. Parece-me que não será muito benéfico, quer para a professora, quer para os alunos. Para a professora porque tem de dividir o seu pensamento nos dois programas escolares em que tem de leccionar, para os alunos porque estão na mesma sala a ouvir coisas que ainda não percebem ou a ouvir coisas que já deram, o que será mais um motivo de dispersão.
Na escola do Mucifal há duas professoras que têm duas classes, ou anos como se chama agora, a funcionarem numa só sala.É o caso do 1º e 3º anos numa sala e o 2º e 4º anos noutra.
Portanto se não quer esta confusão o melhor é mesmo procurar uma alternativa.

Anónimo disse...

Porque não se juntam e interrogam os professores?
Não lhes hão-de bater pois não?
Nem vocês lhes bateriam!

Lutem pelos vossos filhos, batam o pé.

AP

Anónimo disse...

A Junta pode não estar directamente ligada ao assunto, mas tem como objectivo principal zelar pelo bem estar da população, ou não é? Portanto também poderá tomar partido na situação em busca de uma solução melhor para esta escola, ou não será, sr.encarregado de educação?

Anónimo disse...

Talvez se as entidades resolvessem construir uma nova escola, ou então um novo Jardim de Infância, cedendo assim o espaço existente para o ATL. Tinha mais lógica para que as crianças não tivessem que andar tanto para ir para a escola, já para não falar na responsabilidade que o ATL assume ao fazer esse percurso.
Castro

mãe do kiko disse...

Em resposta ao "observador", sim parece que o Kiko tem mesmo jeito para a coisa. Levou o assunto muito a sério e não deixou que nada o desconcentrasse.
Obrigada pelo reparo.

Anónimo disse...

Como é que os pais e encarregados de educação se podem juntar aos professores e dizerem de sua justiça, se não há reuniões de pais? As tradicionais reuniões com a professora dos nossos miúdos não existe pura e simplesmente... Só no princípio do ano lectivo houve uma reunião para apresentação das professoras e ficaram-se por aí.

Anónimo disse...

O Castro está a esquecer-se de uma coisa importante quando diz:"Talvez se entidades resolvessem construir..." mas se as entidades estão mas é a fechar!!!!!!!
É como digo:
Defendam o futuro dos vossos filhos, intervindo.
Batendo o pé

AP

Anónimo disse...

acho que todos tem razao no que dizem mas afinal poucos ainda falaram da dita festa, foi bom? gostaram?o que acharam?acham que o atl faz coisas engraçadas ou e mais um espaço de "despejo" de crianças?cada vez mais estes espaços são um "despejo" onde as crianças são deixadas a porta e depois são entupidas de actividades escolares e outras tais como as aulas de ingles, de musica, o futebol, o judo o ballet, a ginastica, etc etc.. tudo isto e importante para as crianças e... o calor familiar onde esta?sera que quando chegam a casa depois de um dia destes estão aptos para estarem com os pais?não me parece, e os pais estão tambem disponiveis para os filhos? tambem nao me parece.
pais olhem para os vossos filhos e eduquem-nos, mimem-nos e deem amor muito amor!!!

Anónimo disse...

As festas do ATL Nau Catrineta são sempre para toda a comunidade. Exemplo disso são os bailes de Carnaval e os santos populares, pena que a comunidade não compareça. Aproveito para informar que no próximo dia 17 de Fevereiro está prevista a Organização de um torneio de futebol (ATL) de manhã e um grandioso baile de máscaras para todos os meninos da eb1 do mucifal e famílias (Pais, irmãoes, primos, avós etc.....).

Anónimo disse...

Quanto às festas serem para a comunidade, acho bem, mas é relativo, porque a comunidade não foi informada, só os parentes das crianças.
Quanto ao ATL ser ou não um depósito de despejo de crianças, acho que acaba por ser um pouco, apesar de eu achar que isso se deve à falta de instalações dignas.
(A União Mucifalense dá o que pode, que é muito.) Se o ATL tivesse instalações onde houvesse espaços distintos de estudo, de lazer, etc, seria concerteza muito benéfico para os miúdos.

Anónimo disse...

É obvio que os pais têm sempre tempo para os filhos, o stressante
e geri-lo. Mas no final do dia deverá haver sempre tempo para fazer os trabalhos de casa com os filhos, uma vez, pelo que sei, no ATL os meninos só fazem os trabalhos se quizerem. O que no meu entender não devia ser assim. Deveria haver um tempo obrigatório para estudo (se tiveres trabalhos da escola fazes, se não tiveres fazes outros dados pelo ATL). Logo concordo um pouco quando alguém diz: "são um espaço de despejo"

Anónimo disse...

Talvez se possa considerar um espaço de despejo como já alguem disse, mas devido ao sistema público de educaçao " no sistema privado os encarregados de educação podem deixar os seus filhos de manha e ir busca-los a tarde" temos de recorrer ao ATL para podermos ir trabalhar.
Mas é bom saber que o ATL toma iniciativas com os nossos filhos em que os familiares podem participar o que nao acontece com a escola EB1 do Mucifal.
Um pai babado

Anónimo disse...

O que quer dizer que o sistema privado não é um local de despejo mas...sim de arrumo, assim como quem vai ao cinema depois das compres e deixa as mesmas dentro dum armário pelo qual paga um determinado valor.

O que dá azo a que haja atitudes destas da parte de EB1 é que a maioria dos pais querem os ATL's, EB1 e as outras por aì acima como verdadeiros "armários" para poderem fazer o seu dia a dia descansados sem os filhos atrás.

Como Já disse atrás os pais devem é intervir na vida dos filhos, lutarem por eles e pela sua qualidade de vida!


AP

Anónimo disse...

As teorias do sr.AP são muito boas, mas quando os pais entram às 8 ou 9 da manhã no trabalho e saiem às 6 ou 7 da tarde, os filhos têm que ficar nalgum sítio, certo? Seja "despejo" ou "armário", normalmente os pais não trabalham para fazer "o dia a dia descansados". Eu trabalho porque preciso e se a escola do Mucifal tivesse o horário completo, como todas as outras do mesmo agrupamento, eu não teria de pagar um ATL para deixar o meu filho.
Maria

susana disse...

Pelo contrário, o que está em causa nesta notícia é o bom trabalho do ATL na ocupação dos tempos livres dos nossos filhos. O que não implica que não possamos defender que o mesmo deveria ter melhores condições de funcionamento e que a escola não devesse ter condições também melhores, e principalmente iguais às outras escolas da zona.

Anónimo disse...

Há pais que alem de quererem "armários" para porem os filhos durante o dia só, em todas as circunstancias, não enaltecem os bons modelos mas sim, aproveitam tudo para se queixarem!!
Já viram que neste post falou-se mais das queixas da EB1 do que de bom se faz no ATL.
E todos trabalhamos das 8.00 às 19.00 e trabalhamos porque precisamos.

queixem-se menos e intervenham mais.

AP

Anónimo disse...

Alguns são "felizardos" e trabalham das 9 às 17.30. Ah!!! Ah!!! AH!!!

Anónimo disse...

E alguns têm a mania de que são engraçadinhos!

Anónimo disse...

meus amigos acho que o que interessa mesmo não e a quantidade de tempo que passam com os vossos filhos mas sim a qualidade do mesmo! se entram as 9 e saem as 19 não implica que não lhes deem atenção, calor familiar,mimos e se for necessario uma repreenção, afinal eles são os vossos filhos, não os filhos dos empregados dos atl's e das escolas, esses podem ajudar na educação mas a educação essa fica a vosso cargo.Infelizmente hoje em dia tenho visto muitas crianças a circularem nestes espaços onde o pouco tempo que têm para estar com os pais e passado em frente a tv ou as consolas de jogos, porque pergunto? será que não era melhor estarem com os pais a fazerem uma actividade em conjunto ou mesmo a conversarem??Ha muita falta de comunicação entre pais e filhos. Se querem um ser humano feliz e realizado, então olhem por eles!!

Anónimo disse...

É impressionante como é que existem pessoas que se intitulam como pais de crianças a dizer que não existem reuniões de pais, que não existem actividades com as crianças. Pergunto, voçês já alguma vez foram à escola dos vossos filhos?
Os professores não são vossos substitutos e muito menos amas secas.
Quem escreve a dizer que não existe condições na escola e que a culpa é dos professores apenas quer é um lugar para deixar as crinças enquanto está no cafe a tomar cerveja.
Eduquem os vossos filhos que isso é da vossa responsabilidade em vez de andarem a perter tempo a culpar os professores.
Sou pai de uma criança que frequenta a escola do Mucifal e agradeço aos professores a dedicação e carinho que têm para com o meu filho e peço que não desanimem com os comentários de hipotéticos pais que apenas querem um lugar para largar os filhos.
PARABÉNS ÀS PROFESSORAS E À ESCOLA DO MUCIFAL.
Um pai

Nuno Almeida disse...

A única coisa que vejo aqui é um monte de gente que faz questão de criticar o trabalho dos outros mas nem sequer tem a decência ou a coragem de se identificar... É o país que temos...